1,junho 21,2024 02:04

Novo filme de Woody Allen, passado em Roma, provoca alguns remungos por lá
Por ELISABETTA POVOLEDO

ROMA – Depois de Londres, Barcelona e Paris, o mais novo tributo de Woody Allen a uma capital européia é ”Para Roma, Com Amor”, e tem sua estréia aqui na sexta. Mas o amável sentimento não é correspondido pelos jornalistas italianos resmungões e críticos de cinema presentes na lotada coletiva de projeção do filme.

”Sua Italia é superficial, cheia de prostitutas, onde os italianos são retratados como inexistentes”, disse um irritado jornalista, que até sugeriu que o Sr. Allen poderia ter sido influenciado pelas palhaçadas amplamente noticiadas do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, envolvido em um escândalo sexual. Mais tarde o mesmo jornalista desmanchou em elogios ”Mas adorei o filme”. Allen respondeu que ele não tinha “qualquer conhecimento da política italiana, ou sua cultura”, acrescentando: “Eu só queria fazer um filme ambientado em Roma que seria divertido ver.”

O trailer é uma cortesia Sony Pictures Classics>

Allen descreve Roma como “uma cidade exótica” tanto intrigante como confusa para os americanos, que são, todavia, cativados pela rica cultura e história da Itália. E como uma cidade onde “é fácil encontrar histórias”, como as quatro do filme, ligadas sem interseções, cozinhadas por Allen nesta comédia, fazendo o perfeito fundo de cartão-postal de Roma.

Os vencedores do Oscar Roberto Benigni e Penélope Cruz, com suas raízes mediterranias, são as peças centrais de dois dos contos, enquanto o elenco americano – Sr. Allen, Alec Baldwin, Judy Davis, Jesse Eisenberg, Greta Gerwig e Ellen Page – definem a cena para os amantes de histórias de amor trocadas e de amor pela ópera. O filme será lançado na Itália na próxima sexta e em junho no Estado Unidos.

De acordo com a Variety, jornalistas não-italianos foram impedidos de entrar na sessão em Roma, por ordens do assessor de Allen, porque uma versão dublada foi mostrada. “Eu não gosto nem um pouco de dublagem”, diz Allen, acrescentando que ele tinha lutado e perdido muitas batalhas tentando obter seus filmes legendados na Europa. “Eu sempre encontrei resistência.”

Allen disse que seu próximo filme será filmado “principalmente em San Francisco”, com uma “pequena parte”, em Nova York. Nenhum outro detalhe foi divulgado.

Leia o texto original no NYTimes.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *