1,julho 15,2024 18:19

Farrell está envolvido em uma adaptação cinematográfica do romance meta-ficcional de Flann O’Brien, At Swim-Two-Birds, ao lado de Cillian Murphy e Gabriel Byrne. Seu amigo e ator Brendan Gleeson é quem vai dirigir o filme, que foi agendado para ter lançamento em 2010. Em outubro de 2009, Gleeson expressou medo de que, se o Conselho de Cinema da Irlanda for abolido, como previsto pelo estado irlandês, a produção poderia vir a ser cancelada, mas em 2011 confirmou-se que ele havia assegurado o financiamento do mesmo.

Além disso, Farrell está definido para estrelar O Vingador do Futuro, da Columbia Pictures (um remake do filme de 1990 estrelado por Arnold Schwarzenegger), com Kate Beckinsale. Filmado de maio a setembro de 2011, em Toronto, Canadá, e dirigido por Len Wiseman, da série Underworld, o filme é uma nova visão sobre a figura de ficção científica de um agente dorminhoco que é obrigado a viajar para uma colônia em Marte. Kurt Wimmer (Salt) escreveu o roteiro que, como o original, é baseado na história de Philip K. Dick “We Can Remember It for You Wholesale”, mas será mais fiel a ele.

O trailer é uma cortesia da Sony Pictures >

Colin James Farrell (nascido em 31 maio de 1976) é um ator irlandês, que tem aparecido em Tigerland, Miami Vice, Minority Report, Phone Booth, O Novato, Alexander, SWAT, e no remake de O Vingador do Futuro, entre outros. Em 2008 ele recebeu um Globo de Ouro de Melhor Ator por Musical ou Comédia Motion, por seu papel em ”Na Mira do Chefe”.

BOYZONE

Farrell nasceu em Dublin, filho de Rita (née Monaghan), uma dona de casa, e Eamon Farrell, um futebolista que jogou no Shamrock Rovers FC e dono de uma empresa de importação e exportação de produtos enlatados, em Dublin. Seu tio Tommy Farrell também jogou pelo Rovers. Farrell foi criado como católico.

Farrell tem duas irmãs, Claudine (que é sua assistente pessoal) e Catherine, e também um irmão mais velho, Eamon Jr. Quando ele tinha dez anos, mudou-se Castleknock, um subúrbio de Dublin. Farrell foi educado na St. Brigid Nacional School Castleknock, seguido por Castleknock College e Gormanston College. Farrell tentou sem sucesso o teste para o grupo irlandês Boyzone, quando ele ainda era desconhecido. Frequentou a Gaiety School of Acting, mas desistiu e foi escalado no papel de Danny Byrne em Ballykissangel, um drama de televisão da BBC sobre um padre jovem britânico que torna-se uma parte de uma comunidade rural.

Farrell relata que se inspirou a atuar depois de ter sido levado às lágrimas enquanto assistia ET o Extra-Terrestre.

CARREIRA

Farrell teve pequenos papéis em programas de televisão e filmes, incluindo Ballykissangel da BBC em 1998 e 1999, e sua estréia no cinema foi na direção do ator Inglês Tim Roth, Zona de Conflito. Em 2000, ele foi escalado para o papel principal de Private Roland Bozz em Tigerland – A Caminho da Guerra, um filme dirigido pelo americano Joel Schumacher. Farrell estrou em seguida Jovens Justiceiros (2001) e A Guerra de Hart (2002), os quais não foram bem sucedidos comercialmente, mas seus filmes de 2003, incluindo Por Um Fio, SWAT e O Novato foram bem recebidos, bem como sucessos de bilheteria. Embora ele tenha sotaque da pronuncia irlandesa, Farrell usa sotaque americano em muitos de seus filmes, incluindo Jovens Justiceiros e em Tigerland.

Os papéis de Farrell como ator coadjuvante incluem suas performances como um policial ambicioso ao lado de Tom Cruise, um potencial criminoso em Minority Report (2002), e como o vilão Bullseye em Demolidorl (2003). Matt Damon foi originalmente oferecido seu papel em Minority Report, mas ele se recusou a aparecer em Onze Homens e um Segredo. Farrell disse que “ele não tinha nenhum problema” que as pessoas soubessem que ele era a escolha secundária do produtor depois da recusa de Damon. O caráter de Bullseye é o de um assassino com uma precisão perfeita e com seu orgulho profundamente enraizado. Farrell foi anexado a este papel, em dezembro de 2001, embora inicialmente ele considerado para o papel principal, como Matt Murdock, mais conhecido como Demolidor, até que Ben Affleck foi escalado. Farrell foi encorajado a manter seu sotaque irlandês, esta versão do Bullseye é da Irlanda. Farrell teve que ler os quadrinhos do Demolidor de Frank Miller para entender Bullseye “porque a expressão nos rostos dos personagens nas histórias em quadrinhos, e a forma como eles se movem, por vezes, são os exageros da personagem que eu estou interpretando […] ele é tão egocentrico que você não pode tirar isso. Mas não é exatamente um personagem que você pode fazer de qualquer jeito … sabe, correndo ao redor de Nova York matando pessoas com clipes de papel “.

VIDA INTIMA

Colin Farrell foi casado com a atriz Amelia Warner de julho de 2001 a novembro de 2001. No entanto, em dezembro de 2011, Amelia Warner, disse que a cerimônia de casamento não foi legalizada.

Colin e Emma Forrest namoraram mais de um ano, uma experiência que ela menciona profundamente em seu livro de memórias ‘Your Voice In My Head’, onde ela narra seu relacionamento com um terapeuta que morre de repente. De acordo com Forrest, ela havia planejado ter um filho juntos, antes dele terminar o relacionamento.

Colin e a modelo Kim Bordenave se tornaram pais de James Padraig Farrell, nascido em 2003, no Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles. Em outubro de 2007, Farrell revelou que seu filho tem Síndrome de Angelman, uma rara desordem genética caracterizada por atraso intelectual e de desenvolvimento.

Farrell e sua co-estrela do filme Ondina, Alicja Bachleda-curus, têm um filho, Henry Tadeusz Farrell, nascido em outubro de 2009. Um ano após o nascimento de seu filho com Alicja Bachleda curus, Colin Farrell decidiu terminar o relacionamento.

SEXO, DROGAS

Em dezembro de 2005, Farrell voluntariamente se internou num centro de tratamento de reabilitação de dependência de drogas e analgésicos. Sua assessora comentou que Farrell começou a tomar analgésicos, devido a uma lesão nas costas.

Em julho de 2006, Farrell entrou com uma ação processando sua ex-namorada, a modelo da Playboy Nicole Narain, e a Internet Commerce Group (ICG) sobre a distribuição pública não autorizada de uma fita de sexo de 14 minutos que Farrell fez com Narain em 2003. Vazou para ICG quem tentou publica-lo. Um juiz de Los Angeles emitiu uma liminar proibindo a venda, distribuição ou exibição da fita.

Narain afirmou que ela não deu a fita a ninguém e não tinha certeza se ou como as cópias foram feitas a partir dela. Ela disse inicialmente que iria dar um jeito com Farrell para garantir que o video permanecesse privado, mas Farrell disse que Narain estava tentando libera-lo, a fim de prejudicar a sua carreira de ator e “fazer dinheiro com isso”, o que Narain nega.

A data do julgamento para a ação Narain foi marcada para 17 de julho de 2006, mas o juiz permitiu Farrell e Nicole para mediar até 20 de Abril. Em 16 de Abril, os dois chegaram a um acordo com os termos confidenciais. No entanto, a ação judicial de Farrell contra a ICG continuou com uma data de julgamento marcado para 21 de julho de 2006.

FA LOUCA

Farrell tem uma ordem de restrição contra a perseguição da atendente de tele-sexo Dessarae Bradford. Bradford por duas vezes tentou processar Farrell, baseado em mensagens abusivas, mas as ações foram indeferidos por falta de provas apresentadas por Bradford. Bradford também falhou em um teste de detector de mentira em um programa de TV ao tentar apoiá-la nas reclamações e histórias.

Em 20 de julho de 2006, quando Farrell estava sendo entrevistado por Jay Leno no set de The Tonight Show, Bradford escapou do segurança, entrou no palco com câmeras filmando, e confrontou Farrell, lançando seu livro na mesa de Leno. Farrell acompanhou-a para fora do palco, pedindo à equipe de câmera para parar de filmar, e entregou-a para a segurança. Quando Bradford foi conduzida para fora do estúdio, ela gritou “Eu te vejo no tribunal.” Farrell respondeu: “Querida, você é louca!” Seguranças da NBC entregaram à polícia, que a soltou. Depois Farrell pediu desculpas ao público, descrevendo Bradford como “minha primeira stalker”, o show continuou e o incidente foi editado antes da transmissão ir ao ar. No dia seguinte, Farrell obteve uma ordem de restrição contra Bradford.

Bradford gravou uma canção intitulada “Colin Farrell Is My Bitch” e auto-publicou um livro chamado Colin Farrell: A Dark Twisted Puppy.

Leia o Texto inicial nd Wikipedia:
http://en.wikipedia.org/wiki/Colin_Farrell

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *